O mundo digital vive um cenário de constantes mudanças em questões relativas à gestão de dados corporativos. O aumento nas comunicações e transações online, o acréscimo no uso de dispositivos móveis e a elevada presença de recursos tecnológicos demonstram a importância monumental de gerenciar proativamente ameaças em todas as formas – estejam relacionadas aos negócios, dados ou qualquer evento. Essa preocupação não implica em apenas estudar o passado, mas também antecipar o que pode ocorrer no futuro, estabelecendo diretrizes para que a empresa possa responder adequadamente às situações de risco.

Ao utilizar ferramentas direcionadas à segurança da informação e business analytics, uma empresa pode refinar continuamente as decisões e as estratégias tomadas de modo a controlar efetivamente ações preventivas com base nos insights obtidos. O ambiente dinâmico atual, com o desafio do Big Data e da constante necessidade em buscar recursos que priorizem a proteção de dados, exige uma abordagem sistemática no que tange ao gerenciamento de dados corporativos.

Entenda como deve funcionar eficientemente o ciclo para mitigar ameaças digitais em uma empresa:

  • Estabelecer políticas bem definidas e parâmetros baseados em ações passadas, novos desafios e mudanças internas e externas.
  • Monitorar o ambiente continuamente usando um amplo alcance de dados de múltiplas fontes; regular o monitoramento conforme necessidade e aprender com os registros de dados corporativos de modo a identificar alertas.
  • Detectar comportamento suspeito como ameaças, invasão interna, ações criminosas e fraudes, utilizando business analytics para identificar anomalias e determinar a probabilidade de uma ação apresentar um potencial risco.
  • Prevenir ou gerenciar um potencial risco com base em análise do impacto na organização, podendo eliminar ou gerenciar o risco para garantir uma abordagem controlada e que reduz a exposição ou perda de dados.

O gerenciamento de dados corporativos é uma jornada que envolve monitoramento, gerenciamento e ação sobre incidentes de segurança de TI. Ao aplicar serviços de segurança da informação e de infraestrutura, uma organização se torna capaz de identificar ameaças fundamentais, adaptar mecanismos regulatórios, ou refinar e monitorar diretrizes baseadas nas informações obtidas em tempo real.