Algumas empresas recebem eventos em um volume tão alto e de uma variedade tão ampla de fontes, que simplesmente não conseguem mais gerenciar as informações de maneira apropriada e decidir quais eventos realmente requerem atenção e precisam ser investigados.

Conheça maneiras de melhorar o monitoramento das ameaças diminuindo a quantidade de eventos de segurança:

Sistemas dos usuários são comprometidos

Os times de TI das empresas podem adotar a mesma abordagem da indústria bancária para proteger os dados nos sistemas usados pelos funcionários. Os bancos, além de encorajar análises avançadas das atividades de acesso nas páginas de internet banking e o uso de um fator duplo de autenticação, operam como se os sistemas usados pelos clientes fossem comprometidos.

No caso da TI corporativa, a empresa tem muito mais controle. É mais fácil se certificar de que os hosts estejam com seus sistemas atualizados e sigam políticas de segurança. Aplicando essa estratégia, o número de eventos de segurança já cai dramaticamente.

Autenticação de acesso remoto

A maioria dos ataques mais avançados começa pelo acesso remoto, quando o hacker tem acesso à conta de um usuário remoto, por meio de seu login e senha. Na posse dessas informações, o invasor consegue simplesmente validar o acesso, inclusive, com grandes privilégios.

O acesso remoto só é seguro com um fator múltiplo de autenticação. Quando implementada corretamente, essa exigência se torna um grande desafio para os cyber criminosos e elimina a necessidade de rastrear religiosamente todas as atividades de acesso dos usuários remotos para focar apenas em eventos específicos.

Privilégios elevados

Para o acesso de sistemas críticos, todos os usuários administradores devem ter de se conectar por meio de um único “jump server” com um fator múltiplo de autenticação. Do jump server, os usuários precisam se conectar a um gerenciador de permissão de acesso capaz de monitorar e registrar todas as sua atividades. Assim, a equipe de segurança pode acompanhar de perto atividades de acesso em pontos críticos da infraestrutura e eliminar cenários em que esse tipo de acesso não é monitorado.

Tráfego direto

Por meio de um programa de protocolo de gerenciamento de reputação de endereços de internet, a empresa pode filtrar o máximo possível de tráfego malicioso sem impactar o negócio.

Aprenda com os eventos

Nenhum sistema é impenetrável, porém, é importante aprender com os eventos que tiveram sucesso contornando os controles de segurança da empresa. Monitorar mensagens de “tráfego bloqueado” dos firewalls acrescenta bem pouco à estratégia de segurança, servindo apenas de distração para os problemas reais. Por outro lado, estudar os eventos bem sucedidos ajudam as organizações a melhorar sua abordagem.

Os problemas de insegurança são contínuos. O MSS PROOF oferece gestão do ambiente de TI 24 horas por dia e garante as operações essenciais para o funcionamento do negócio. Com o serviço, você pode selecionar o nível mais adequado de monitoramento e suporte, mantendo o controle interno em áreas mais estratégicas.