A análise preditiva traz benefícios para empresas de praticamente qualquer indústria, aumentando a receita, reduzindo custos e melhorando processos organizacionais ao longo de todo o negócio.

Conheça algumas maneiras como a análise preditiva impulsiona a inovação:

Otimização de processos

A história tem mostrado que existem constantes tentativas e erros envolvidos na indústria farmacêutica, talvez mais do que o necessário. Segundo a associação Pharmaceutical Research and Manufacturers of America (PhRMA), leva em media dez anos e US$ 2,6 bilhões para desenvolver uma droga. A empresa farmacêutica BERG Health pretende mudar isso por meio da análise preditiva e da inteligência artificial para descobrir e desenvolver novos tratamentos.

A empresa está usando amostras de lenços humanas para saber mais sobre componentes biológicos e inclui dados demográficos e clínicos do paciente. A plataforma constrói um modelo de indivíduos saudáveis e então compara com indivíduos com uma doença. A inteligência artificial constrói um modelo de genes e proteínas que pontuam diferenças chave entre o organismo saudável e o doente. O mesmo modelo é usado pela empresa para determinar quais pacientes são melhores candidatos para uma certa droga.

Atendimento ao cliente

A empresa americana PhotoBarn, de produtos feitos à mão, teve um crescimento de 500% com a criação de um software warehouse e processos manufatureiros construídos em cima de análises preditivas. Antes da implementação dessa transformação em 2015, a empresa sofria para balancear a oferta e a demanda.

A empresa começou a usar análises preditivas para prever vendas, inventário e matéria-prima para antecipar o que seria necessário antes da temporada de compras para o natal. Os novos processos permitiram que a empresa vendesse cinco vezes mais produtos usando o mesmo número de pessoas.

Otimização de preços e rentabilidade

As empresas querem aumentar a receita, enquanto os consumidores querem que seu dinheiro seja valorizado. Balancear essas duas demandas é um desafio para muitos negócios. Os clientes respondem não só ao preço de um produto, mas ao merchandising e às promoções.

Quando uma empresa tem uma previsão, pode aplicar um modelo de resposta e obter uma análise precisa do quanto o consumidor é sensível ao preço, incluindo os preços dos produtos da concorrência. Com base nisso, é possível definir qual deve ser o preço do produto.

Com Information Week