Estruturação ainda é o maior desafio do Chief Data Officer

Cada vez mais empresas têm profissionais dedicados à liderança da gestão de dados, o Chief Data Officer (CDO). Segundo o Gartner, até 2017, 50% das empresas vão ter um CDO. De acordo com o instituto, existem 1.000 CDOs em todo o mundo – bem mais que os 400 encontrados em 2014.

Um estudo feito pelo Gartner, no entanto, revela que falta à nova geração de CDOs um certo nível de sofisticação quando se trata da estruturação organizacional, pois a maioria dos novos profissionais não tem experiência na gestão de grandes times ou na estruturação e na mudança de estruturas organizacionais.

É vital que os CDOs pensem criticamente sobre quais são os comportamentos e as habilidades necessárias para seu departamento a curto, médio e longo prazo. Isso exige um bom conhecimento da estrutura organizacional para atender aos objetivos de negócio.

O conselho do Gartner é que os CDOs construam alianças para superar a resistência tipicamente imposta pelos departamentos de TI. Muitas empresas também estão investindo tempo e dinheiro na obtenção de uma estrutura organizacional para propósitos mercadológicos.

Quatro tipos de CDO

Para lidar com as dificuldades da nova geração de profissionais na estruturação de seu departamento, o Gartner divulgou quatro tipos de CDOs de acordo com as necessidades do negócio. Confira:

  • CDO como motor da empresa: O departamento do CDO oferece serviços operacionais de dados focados nas necessidades do usuário interno. Seu papel é monitorar qualquer dado de mercado e desenvolver expertise no uso dos ativos de dados, gestão de informações e analytics;
  • CDO de todos: O CDO também foca nas necessidades do usuário interno, mas há uma pressão maior para que os ativos sejam usados por líderes de negócios e colaboradores individuais para quebrar o perímetro tradicional. O CDO leva o negócio à inovação;
  • CDO como prestador de serviços corporativos: O CDO entrega serviços operacionais de dados usados por usuários internos e externos. As atividades são expandidas e integradas a serviços compartilhados que funcionam como um negócio próprio;
  • CDO como o negócio: A informação é o produto mais importante da empresa ou é inseparável dos produtos e serviços oferecidos. Nesses casos, o CDO entrega serviços de dados para usuários internos e externos que vão direcionar a transformação e a diferenciação.

Não existe, portanto, uma única maneira de estruturar um departamento de dados. O mais importante é levar em consideração o papel dos dados no negócio.

Com Gartner