Como a análise preditiva impulsiona a inovação

A análise preditiva traz benefícios para empresas de praticamente qualquer indústria, aumentando a receita, reduzindo custos e melhorando processos organizacionais ao longo de todo o negócio.

Conheça algumas maneiras como a análise preditiva impulsiona a inovação:

Otimização de processos

A história tem mostrado que existem constantes tentativas e erros envolvidos na indústria farmacêutica, talvez mais do que o necessário. Segundo a associação Pharmaceutical Research and Manufacturers of America (PhRMA), leva em media dez anos e US$ 2,6 bilhões para desenvolver uma droga. A empresa farmacêutica BERG Health pretende mudar isso por meio da análise preditiva e da inteligência artificial para descobrir e desenvolver novos tratamentos.

A empresa está usando amostras de lenços humanas para saber mais sobre componentes biológicos e inclui dados demográficos e clínicos do paciente. A plataforma constrói um modelo de indivíduos saudáveis e então compara com indivíduos com uma doença. A inteligência artificial constrói um modelo de genes e proteínas que pontuam diferenças chave entre o organismo saudável e o doente. O mesmo modelo é usado pela empresa para determinar quais pacientes são melhores candidatos para uma certa droga.

Atendimento ao cliente

A empresa americana PhotoBarn, de produtos feitos à mão, teve um crescimento de 500% com a criação de um software warehouse e processos manufatureiros construídos em cima de análises preditivas. Antes da implementação dessa transformação em 2015, a empresa sofria para balancear a oferta e a demanda.

A empresa começou a usar análises preditivas para prever vendas, inventário e matéria-prima para antecipar o que seria necessário antes da temporada de compras para o natal. Os novos processos permitiram que a empresa vendesse cinco vezes mais produtos usando o mesmo número de pessoas.

Otimização de preços e rentabilidade

As empresas querem aumentar a receita, enquanto os consumidores querem que seu dinheiro seja valorizado. Balancear essas duas demandas é um desafio para muitos negócios. Os clientes respondem não só ao preço de um produto, mas ao merchandising e às promoções.

Quando uma empresa tem uma previsão, pode aplicar um modelo de resposta e obter uma análise precisa do quanto o consumidor é sensível ao preço, incluindo os preços dos produtos da concorrência. Com base nisso, é possível definir qual deve ser o preço do produto.

Com Information Week

Use o poder do business analytics para impulsionar o negócio

O analytics está ficando cada vez mais acessível e fácil de usar e, aos poucos, está deixando de ser considerado algo restrito a grandes organizações e empresas de tecnologia.

Antes os dados vinham majoritariamente de sistemas operacionais. Hoje, os dados vêm de todo lugar: telefonemas, navegadores, mídias sociais, máquinas, colegas e outras fontes. Ao combinar esses dados é possível criar uma imagem holística do negócio, bem como da vida e das motivações que estão direcionando processos e comportamentos.

Na indústria de óleo e gás, por exemplo, o analytics pode desempenhar um papel importante para impulsionar o negócio. Geralmente as empresas gastam bilhões de dólares para encontrar uma reserva, por exemplo.

As indústrias farmacêuticas e de biotecnologia também podem se beneficiar. Afinal, ao lançar uma nova droga, é preciso haver uma análise intensa. Caso contrário, a repercussão pode ser extremamente negativa.

A chave é obter grandes quantidades de dados de imagem em tempo real. O mesmo tipo de pensamento pode ser aplicado a qualquer negócio essencialmente. Seja no lançamento de um novo produto ou na busca de um novo segmento de mercado, é essencial observar os dados. Infelizmente, no entanto, isso ainda acontece com pouca frequência.

A boa notícia é que existe uma quantidade cada vez maior de ferramentas para quem quer tirar proveito de dados de diferentes fontes e organizá-las de maneira que gerem boa visualização para extrair os insights necessários.

Ao contratar um profissional de analytics qualificado, as empresas podem impulsionar o negócio por meio de uma melhor tomada de decisão. Bastam algumas visualizações para obter insights valiosos que se tornam grandes vantagens competitivas.

Os dados podem ser extremamente úteis apenas por oferecer um melhor entendimento do negócio. Depois de adotar uma estratégia de business analytics, as empresas podem descobrir novos segmentos de consumidores e elevar o nível de personalização do atendimento de maneira efetiva, gerando lealdade e uma corrente de marketing boca a boca.

Com Forbes