Elemento humano é essencial para ferramentas de analytics

Há muitos exemplos de empresas usando análise de dados para aumentar vendas e reduzir custos. Da mesma maneira, médicos estão listando aplicações de analytics para diagnosticar doenças mais precisamente, e atletas têm feito uso disso para aumentar sua performance.

A maior capacidade dos computadores e o surgimento das ferramentas especializadas de analytics são alguns dos responsáveis por esse fenômeno, mas não são os únicos. A curiosidade humana nesse processo desempenha um papel fundamental.

O papel humano em business analytics

O uso das ferramentas de analytics permite criar modelos preditivos para prever o que poderá acontecer até três meses a frente. A maioria se baseia no histórico de dados.

Esses modelos não conseguem fazer esse trabalho o tempo todo, mas certamente é bem melhor que os antigos processos manuais.

Alguns argumentam que os humanos não são necessários para estabelecer correlações inicialmente, pois ferramentas sólidas de análises de dados, quando munidas de todo e qualquer dado da empresa, podem encontrar correlações facilmente sozinhas. Teoricamente, isso é verdade, porém, praticamente, não.

Na prática não existe isso de “todo e qualquer dado da empresa”, pois não temos capacidade de saber do que vamos precisar até que a necessidade (ou suspeita) apareça. A informação necessária para estabelecer essas correlações pode estar em lugares inusitados e profissionais que entendam do negócio intimamente e consigam ver potenciais padrões ou correlações são um componente essencial do uso efetivo de ferramentas de analytics.

Por isso, antes de tudo, é preciso se certificar de ter as pessoas certas, mantê-las e uni-las a novos talentos para criar um “time reserva”. As ferramentas são tão necessárias quanto as pessoas, mas são secundárias em um projeto de analytics.

As organizações precisam colher dados em tempo real, permitindo correlações e análises que gerem informações úteis. A partir dessa premissa, a PROOF oferece o serviço de Analytics as a Service, combinando as funcionalidades da computação sob demanda da nuvem com a democratização da informação trazida pelo big data. Essa abordagem dá poder à empresa de maneira inovadora, permitindo análises e acesso centralizado às informações em tempo real.

Com SearchCRM